Hotarubi no Mori E: Um Amor de Verão

Hotarubi no Mori E. Outro que eu encontrei pesquisando imagens de Natsume Yuujinchou (XP). Não sabia nada da história, só que era da mesma autora de NY e que o protagonista era bonitinho…

ATENÇÃO: ESSE ARTIGO PODE CONTÉR SPOILERS, VOCÊS FORAM AVISADOS.

Se fosse vocês parava de ler agora, ia baixar (aqui) e assistir, depois voltava. Ou nem voltava. Mas baixe, são apenas 40 minutos de deliciação descomprometida, vale a pena! Continuar lendo

Cowboy Bebop: Um Exibicionismo Musical

Cowboy Bebop. Lembro-me de ter ouvido falar lendo uma matéria do Lancaster sobre Samurai Champloo (por sinal, alguém recomenda?), e há um mês ter lido um comentário do Dih sobre ser um clássico. Clássicos sempre me deixam curiosa.

O que é? Por que se tornou um clássico? Merece esse título?

E assim embarquei nas aventuras dos caçadores de recompensa de 2000 e guaraná em pílula. Continuar lendo

Youjohan Shinwa Taikei: Eu, os Outros e o Desejo

Traço é uma coisa que quem acompanha o Kotodama sabe que me incomoda. Geralmente é tão padronizado! No começo é legal passar o tempo encontrando os pequenhos detalhes que são específicos do traço do autor… Mas cansa.

Aí eu passei para os radicalismos artísticos, Shiki, Sayonará Zetsubou Sensei, Gankutsou, Katanagatari, Youjohan Shinwa Taikei… E todos se mostraram achados e tanto (pelo roteiro, inclusive).

E é do mais seletivo deles que vou falar aqui hoje. Continuar lendo

Kuroshitsuji: Distorsão de Valores numa Lição de História

Kuroshitsuji. Um animê que  causou muito alvoroço, no começo, e até hoje tem uma legião de fãs. Eu o repúdiei quase de imediato, pelas imagens disponibilizadas pelo famigerado fandom. Shota. Com. SHOTA. COM. Não vou assistir isso.

Mãããs… Acabei assistindo, e de forma alguma me arrependo. Com uma trama cheia de ação, suspense e localizações históricas bem elaboradas, Kuroshitsuji me levou as alturas.

Re-assistindo agora, percebo que há muitos pontos falhos nessa aparente maravilha, além dos óbvios, que o deslumbramento inicial nunca nos permite localizar. Mas vamos ao post. Continuar lendo

Blood – The Last Vampire: Uma História pela Metade Sempre dá Asas a Imaginação

Depois de tanto tempo, estou de volta. Infelizmente, não é para falar de um super animê, altamente recomendado… E sim de um filme fraco, que deu origem a uma grande série.

Sob a recomendação da Beta, do ELBrasil, peguei para assistir, mesmo depois de ter acompanhado a série de televisão (antiga) e não achado grandes coisas. Continuar lendo