Higashi no Eden: Muito Mais do que Promete Ser

Cheguei a Higashi no Eden pesquisando imagens de Natsume no Zero-chan, em um fanart Cross-Over. Achei que seria interessante ver um romance já que aqui na RL as coisas não estão indo tão bem… e achei o protagonista bonitinho. Dei uma pesquisada ne sinopse, vi que parecia ser minimamente aceitável e decidi baixar.

A questão é que com seus 11 episódios, dois filmes e promessa de romance açucarado com roteiro maluco, Higashi no Eden é uma terrível enganação…

Temos em nossa história Saki Morimi, uma jovem de 22 anos que está viajando nos EUA e não tem grandes noções de como funcionam as coisas por lá, se metendo em um belo mal entendido. É salva por um jovem nu que estava por ali com uma arma e um celular na mão (bem mais chamativo que ela, uma menina pequena que tentava acertar uma moeda na fonte da Casa Branca ¬¬’ ). Ela empresta seu casaco a ele e daí por diante o destino dos dois está conectado – ela o acompanhará de volta para o Japão, buscando o seu passado, enfrentando seus inimigos num jogo com regras desesperadoras, tentando salvar o país.

Higashi no Eden foi o que [C] me prometeu e não cumpriu. Cheio de referências políticas significativas, críticas a economia e a estrutura atual da sociedade japonesa, instigante, rápido, romantico, enfim, uma obra maravilhosa.

Toda a argumentação usada é extremamente bem estruturada, e coisas como o poder do dinheiro (tá, isso é bem exagerado) e dos veículos informativos da internet, além da famigerada rede de celulares que é capaz de conectar um país inteiro. O fato de termos uma nação estagnada e sem nenhuma grande perspectiva para os jovens, que acabam se tornando NEET’s, no Japão também é explorado.

Além de temas políticos como a predominância dos (muito) mais velhos no poder, tornando o governo conservador e voltado somente para os próprios interesses e estagnações, o que acredito que seja uma realidade em muitos países além do Japão e do Brasil (por sinal, temos até uma referência a esse no animê! Nada no nível de Wolf’s Rain, só o típico, mas ainda sim é sempre legal ver).

A arte do animê é simples, mas não se encaixa naquela mesmice que alguns (como eu) não aguentam mais, com a padronização dos traços. Tem uma animação decente também, o que é ótimo!

Saki é uma garota realmente fofa. Ela não é MOE, não é forçadamente fofa (com carinhas ou pequenas trapalhadas ou problemas de auto-estima), ela é autêntica, preocupada, tem momentos de fragilidade e momentos de atitude. Sofre e luta como qualquer garota normal. É a primeira personagem principal com quem eu acho que as meninas que estiverem assistindo podem realmente se identificar, o que fazem dela perfeita.

Akira… Bem, ele é o típico mocinho despretencioso, disposto a se sacrificar pelo bem maior e o verdadeiro herói que sempre está lá quando Saki precisa. Mas isso não faz dele um Gary Stu da vida, ele ainda consegue nos prender nos pequenos detalhes e comentários, porque é nesses momentos que ele deixa de ser clichê para ser um rapaz admirável.

Os personagens secundários, apesar de aparecerem menos, são igualmente carismáticos. A equipe do Higashi no Eden e seu esforço para revolucionar as coisas do jeito deles, devagar e confortávelmente, sem deixar de se mover por quem é importante para eles.

Os Seleção, então, são um espetáculo a parte. Cada um com uma intenção e uma personalidade marcante, agindo sozinhos pelo próprio sonho, sabotando uns aos outros, ajudando pessoas de fora do jogo ou as destruindo. Por mais que não tenham uma aparição profunda (como os antagonistas de Katanagatari, por exemplo), convencem de suas formas de ser e da razão de seus propósitos.

Higashi no Eden é um animê que eu recomendo para qualquer um. Tem romance, tem mistério, tem um pouco de ação, tem crítica, um roteiro inteligente,  personagens que são extremamente carismáticos, e apesar de termos pouco tempo com eles, Higashi nos deixa aquela saudade imensa digna de quando assistimos quase cem (ou mais, porque hoje em dia…) episódios de um shounen e finalmente chegamos ao fim, assistimos todos os OVA’s e filmes e simplesmente temos que deixar os personagens para trás.

Esse gosto de queria mais, quase uma frustração, é o que permeia o final de Higashi, mas nem por isso temos uma conclusão ruim, pelo contrário. E com sorte temos uma continuação, por que não? Uma chance de vermos Saki e Akira finalmente juntos e em paz. Tá aí vira Kimi ni Todoke, deixa quieto XD…

Anúncios

5 pensamentos sobre “Higashi no Eden: Muito Mais do que Promete Ser

  1. Saudações

    Parabéns pela review.
    Acheio o seu texto muito sucinto, vibrante e cheio de conotações pessoais que são válidas para uma obra do calibre de Higashi no Eden.

    Nada mais precisa ser dito…

    Ótimo texo.

    Até mais!

  2. Higashi no Eden é puro amor. Está no meu top5 justamente porque consegue ser ÓTIMO, mesmo tendo tão poucos episódios. Afinal, foram os “11 dias dela com o Akira” (juntando os filmes + o anime). E é, também queria continuação, mas isso iria estragar, então né xD

    PS.: Daora a maneira que achou o anime. q

  3. Eu realmente amo Higash no Eden, eu não pesquisei nada sobre o anime antes de ver, simplesmente assisti e me apaixonei, achei bem bolado e se tornou um de meus favoritos com tão pouco, gostei das criticas, e dos elogios também. Eu simplesmente me envolvi com a trama e percebi que gosto de animes desse gênero, assim como gosto de Durarara…T_T ok! paro de comentar por aqui para não criar um enorme texto…
    Kimi ni todoke enrolação melosa que amo! *–* -Q

    • Não sabia que tinha? E vc ficou sem saber o final da história esse tempo todo?!

      Drrr não é do msm gênero q Higashii, só tem em comum a cena do celular XD

      Eu não gostei de KnT.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s