Summer Wars: A Força de uma Família

Summer Wars é um filme que eu não esperava. Não esperava ver e quando comecei não esperava gostar. E é uma ótima história, para quem gosta de animação em geral, não necessáriamente fãs de animê.

Fala sobre Kenji Koiso, o representante do Japão nas Olímpiadas de Matemática que trabalha na manutenção de um grande site multidirecional chamado Oz, e é convidado para viajar a trabalho com sua veterana do clube de física. Ele aceita, é claro, afinal, é dinheiro fácil. Mas, chegando lá…

ATENÇÃO: POST COM SPOILERS

Chegando lá ele descobre que sua veterana, Natsuki Shinohara, é descendente de uma família importante do Japão e que estão indo para o aniversário de 90 anos de sua matriarca e avó de Natsuki, Sakae Jinnouchi. Ao chegar lá, ela o apresenta como seu namorado e futuro marido. O garoto, é claro, não entende nada.

Mais tarde ela explica que prometeu a sua avó, quando esta estava doente, que traria seu futuro marido para que ela aprovasse, por tanto ela não deveria morrer.  Keiji acaba ficando, e na TV noticiam o hackeamento de Oz, acusando o garoto de ser o responsável.

Daí por diante muitas confusões acontecem, o mundo entra em caos por conta da confusão de Oz e a família Jinnouchi tem que agir par impedir uma tragédia mundial, com a ajuda do jovem gênio da matemática.

Summer Wars é cativante, com seus muitos personagens e situações que você provavelmente já viveu (reunião de família, com pessoas temidas e respeitadas pelos mais velhos, membros que geram discussão entre todos, parentes com longas histórias de antepassados que não te interessam, pessoas que são tão distantes que você nem sabia que eram da família…), comédia, pequenos dramas, lutas e esforços.

A arte é maravilhosa, colorida, sem ser brilhante em demasia cofcofMawaru, os movimentos são perfeitos, bem executados, as lutas tem o ritmo certo para a intenção… Não se podia esperar menos de uma obra da Madhouse, o mesmo estúdio responsável pelos filmes do saudoso Satoshi Kon.

As músicas acompanham o ritmo da animação de uma forma envolvente, bem executada.

Os personagens são muitos, e quase todos muito carismáticos. As mulheres fortes e emotivas, os homens centrados e obedientes da família Jinnouchi, não tem como não se apaixonar!

Kenji divide bem o espaço com os outros personagens, por tanto acho que seu posto de protagonista só se deve pelo fato da linha temporal do animê seguir a dele. É um garoto atrapalhado, mas inteligente e aceitou se esforçar por algo incerto. Fofinho.

Natsuki, por sua vez, tem uma participação bem discreta, e é retratada perfeitamente pelas palavras de sua avó. É uma menina imatura e caprichosa ainda, mas é muito jovem também, e sabe jogar Hanafuda como ninguém (por sinal, eu não entendo nada do jogo, boiei lindamente nessa parte).

Sakae é firme e se preocupa muito com a sua família, mas isso não faz dela uma pessoa amarga ou infeliz. Pelo contrário, ela é uma velhinha super simpática a maior parte do tempo.

E Kazuma. Ah, o Kazuma. Esse menino é um dos personagens mais ai-meu-Deus-que-fofinho-eu-quero-te-apertar-até-você-me-morder que eu já vi. Claro, na vida real ele seria um moleque mal educado (importante ressaltar), mas na ficção ele é fuckying awesome. Especialista em Kung-Fu e campeão dos torneios de luta online, ele dá suporte para o enfrentamento do Love Machine desde o começo.

Ainda estou me perguntando como um menino enfurnado daqueles, com a mãe e o pai branquíssimos, pode ter aquela pele morena tão linda e cuti. Deixando claro que eu acho ele fofinho, nada de shotacon, por favor.

Eu recomendo Summer Wars a qualquer um, de qualquer idade. Se seus pais não tiverem preconceitos de gênero (meus pais pelo menos não tem nada contra filmes de animação), recomendo até que se assista em família. É um filme bem feito, concorreu a vários prêmios e ganhou vários pelo mundo, que entretem e emociona. Vale a pena.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Summer Wars: A Força de uma Família

  1. Summer Wars <3333
    Vi o filme quando saiu, e tenho os 3 volumes do manga *—*

    Recomendo absurdamente assim como recomendo todos os filmes do Studio Ghibli ❤

  2. Vi o filme a pouco tempo,junto com Tonoari no Totoro , achei bem bacana e que animação!Gráficos são belíssimos,história também com personagens bem construidos…não comprei o mangá com receio da qualidade não ser a mesma…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s